O que você procura?

Servidores do IPMB passam por treinamento sobre novas rotinas no Sisprev WEB

O Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Belém (IPMB) realizou, nesta quarta-feira (24/11), treinamento com servidores públicos do Departamento de Previdência, sobre as novas rotinas implementadas no Sisprev WEB, o Sistema de Gestão de Regime Próprio de Previdência Social, banco de dados para cadastro de informações previdenciárias dos segurados da autarquia municipal. Realizado na sala do NUTI (Núcleo de Tecnologia da Informação), o treinamento teve as presenças dos técnicos previdenciários Alexandre Barbosa, Josimar Nascimento e Cleide Alves. 

O treinamento foi ministrado pelo consultor técnico Braini Dariberg, da Agenda Assessoria, empresa de tecnologia do segmento previdenciário prestadora de serviços do Instituto. Ele explica que os assuntos abordados foram a unificação da contribuição de remuneração e as melhorias na emissão da planilha de proventos para dar mais agilidade aos despachos dos pedidos de aposentadoria. 

Ainda, durante a atividade, foi realizada a parametrização (configuração) das assinaturas digitais dos técnicos previdenciários que passarão a assinar eletronicamente documentos. “Prestamos ainda orientações sobre as assinaturas dos documentos e fizemos um levantamento de situações que ocorrem no Departamento de Previdência para que essas informações possam nos ajudar a melhorar o trabalho técnico realizado no setor”, explica Braini. A meta é dar mais celeridade aos processos de aposentadoria de modo a atender com mais presteza aos usuários dos serviços do IPMB. 

PAPEL ZERO

Os processos em tramitação no Instituto já podem ser assinados digitalmente desde o último dia 19, quando foi concluída a parametrização das assinaturas digitais dos servidores do órgão municipal responsáveis por realizar os despachos/pareceres de forma eletrônica, o que vai possibilitar em breve a supressão de processos físicos no órgão e dar mais agilidade aos fluxos de concessão dos benefícios previdenciários de aposentadoria e pensão por morte.

“Os documentos que serão assinados eletronicamente terão um código digital e um QR Code para validação das assinaturas. A autenticação do documento poderá ser feita no site do IPMB”, explica Braini Dariberg. Segundo Dhony Vale, diretor do Núcleo de Tecnologia da Informação, os servidores do IPMB já foram orientados para que todas as tramitações de novos processos sejam realizadas de modo digital. “Para que a gente possa identificar alguma inconsistência e corrigir o mais rápido possível, para que, em janeiro de 2022, coloquemos em prática o projeto Papel Zero no Instituto”, destacou.

Compartilhe esta notícia:
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Notícias relacionadas:
Skip to content